Alimentação Fitness

Definir o corpo após os 40: é uma realidade possível?

21 de novembro de 2017

Oi, pessoal! Tudo bem?

Desde que iniciei uma vida saudável, já recebi muitas perguntas de pessoas querendo se reeducar, tanto em alimentação quanto nas atividades físicas.No início, posso dizer que não é nada fácil, mas tudo em nossas vidas é questão de hábitos e de colocar em prática!

Antigamente, eu não me importava muito com a alimentação, comia muita coisa gordurosa e com muito açúcar. Atividade física, nem se fale. Não praticava. Mas aos 25 anos, eu resolvi mudar de vida. Comecei procurando um nutricionista para melhorar minha alimentação e associei com a academia.

Hoje como mais verduras e frutas, e tento evitar frituras. Não me privei das coisas, mas não como mais em quantidades que comia antigamente. Quando à academia, no começo eu ia porque tinha que ir, mas hoje já virou parte do meu dia. Tenho tanto gosto de ir malhar que quando não vou, acho ruim. Sem contar a minha disposição que melhorou bastante. Hoje vejo que é um esforço que me faz bem, muito bem.

Para ajudar vocês em como definir o corpo após os 40 anos, conversei com a nutricionista funcional e esportiva Camila Oliveira, que me explicou a melhor forma e tirou algumas dúvidas. Vamos conferir juntos?

Camila explica que é sim possível definir o corpo após os 40 anos e que o importante é ter iniciativa e força de vontade. “É claro que é possível definir o corpo após os 40. Sabemos que a partir dos 30 anos, o metabolismo começa a ficar mais lento, contudo, pesquisas indicam que isso ocorre pelo fato das pessoas tornarem-se mais sedentárias, o que acarreta uma perda gradual de massa muscular. Por isso, é importante que haja um controle alimentar junto à prática regular de atividade física. E começar uma dieta nem sempre é fácil, certo!? Mas não existe outro caminho quando o objetivo é perder aquela gordurinha que tanto nos incomoda”, comenta.

O maior segredo revelado pela nutricionista, quando visamos alcançar esses resultados é introduzir as mudanças em nossa vida aos poucos, de forma lenta, para que possamos adotar essas medidas por toda a vida. Além disso, ela nos elencou alguns desses hábitos, que podem contribuir na melhora do nosso corpo. Confira nossa lista:

  • Aumente a sua ingestão de água;
  • Duplique o consumo de legumes e vegetais, de preferência orgânicos;
  • Consuma alimentos com ação termogênica, como pimenta, gengibre, café (sem açúcar), canela e chá verde e chá matte;
  • Cuide de sua mente! Afinal, mente sã, corpo são. O equilíbrio das emoções é fundamental para um corpo saudável e evita as compulsões alimentar, consequentemente, o efeito sanfona.

21.11EB

                Para toda dieta, sempre existem aqueles elementos que devemos abolir das nossas vidas. A Camila nos citou alguns. Se eles ainda faziam parte da sua vida, comece hoje mesmo a tirá-los da sua dieta. Veja quais são eles:

1 – Açúcar Refinado, que pode estar camuflado em refrigerantes, bolos, chocolates, alimentos processados e outras guloseimas. Faça uma limpeza na sua despensa!

2 – Esqueça o pão branco e alimentos refinados!

3- Diga não as frituras!

4- Evite os alimentos industrializados e beba com moderação o álcool, de preferência, troque a cerveja por uma pequena dose de destilado ou uma taça de vinho!

5- Lembre-se: o mais importante é ter equilíbrio!

21.11EB1

                Uma dica final da nutricionista nos deixa bem animados: fazer atividade física é mexer o corpo, então, você pode escolher aquilo que mais te dá prazer. Mas, o importante mesmo é sair do sedentarismo! “Além do exercício físico, outro ponto fundamental, é fazer alguma atividade que trabalhe sua mente! Seja Yoga, Meditação, uma boa leitura ou caminhar pelo parque!”, finaliza.

Para ficar por dentro de mais informações sobre o mundo da nutrição, confira esta matéria sobre os riscos de burlar a prescrição do seu nutricionista: https://goo.gl/2MtWZf

Beijos, Si.

Comentários pelo Facebook

Confira Também

Nenhum Comentário

Deixe uma Resposta

*